Seguro Animal Compulsório

Em breve, o seguro obrigatório para animais de estimação aparecerá na Rússia. Sabe-se que um dos líderes mundiais nesta esfera do mercado de seguros é a Alemanha. Os alemães gostam muito de animais de estimação. Sete milhões de cães e doze milhões de gatos vivem no país. E, claro, não pode prescindir do eterno debate de amantes de cães e amantes de gatos sobre quem é melhor para manter em casa: um cão ou um gato?

As seguradoras sabem a resposta para essa pergunta. Na opinião deles, manter um gato é mais lucrativo do ponto de vista financeiro. É suficiente para o proprietário do gatinho ter um seguro padrão contra danos a outras pessoas, o que quase todos os cidadãos alemães têm. Esse seguro cobrirá todas as despesas se o hooligan fofo fizer alguma coisa. E donos de cães têm que comprar uma apólice de seguro de responsabilidade civil compulsória para prejudicar seu cão. Este é um tipo de CTP para cães.

Seguro obrigatório de cães de raças potencialmente perigosas

Seguro de responsabilidade do proprietário do cão não se aplica em todos os lugares. Existe em Berlim, Turíngia, Saxônia-Anhalt, Baixa Saxônia e Hamburgo. Em outras regiões, apenas os proprietários de raças de cães potencialmente perigosos asseguram a responsabilidade civil.

Segundo dados oficiais do Sindicato Nacional de Seguradores, apenas setenta por cento dos cães são segurados no país. De acordo com Elke Weindenbach, da Sociedade de Proteção dos Direitos do Consumidor, nem todos os donos de cães conhecem uma regra.

Consiste no fato de que o dano que um amigo de quatro patas pode causar a outras pessoas não pode ser incluído no seguro padrão. Portanto, um cão de qualquer raça, incluindo um animal, deve ser segurado separadamente.

“Um cachorrinho também pode morder”, diz Weidenbach. Ao mesmo tempo, é mais fácil garantir um spitz anão do que um rottweiler.

O dono do cachorro é sempre responsável por seu comportamento.

“Os donos de cães sempre têm o que chamam de responsabilidade sem culpa”, diz Weidenbach. Mas o que isso significa? E o fato de que eles sempre serão culpados se o seu Mukhtar estiver em algum lugar mal iluminado. E não importa como isso aconteceu: devido à supervisão do proprietário, o animal simplesmente saiu da coleira enquanto caminhava.

Nós damos um exemplo. Um homem acidentalmente tropeçou em um cachorro deitado pacificamente e quebrou a perna. Parte da culpa é da própria vítima. Seria bom olhar debaixo dos seus pés. Mas a lei é implacável e dura. O dono tinha que vigiar o cachorro e tirá-lo do lugar onde as pessoas andam. Agora, o proprietário descuidado terá que compensar a vítima pelos custos do tratamento, bem como compensar por certos danos morais e materiais.

O custo do seguro compulsório para cães

É aconselhável que o dono do cão tenha uma apólice de seguro para o seu animal de estimação no valor de três milhões de euros. Este montante cobre todos os riscos possíveis. E o pagamento anual para o chamado CTP para cães é de cerca de 80 euros.

O seguro é muito útil para os amantes de cães, mesmo quando eles não violam especificamente as regras relativas à manutenção de seus animais de estimação. Por exemplo, eles não notaram um sinal proibindo andar com o cão sem coleira. A cobertura de tais riscos é frequentemente prescrita no contrato de seguro de cães em letras pequenas, e o representante da companhia de seguros deve informar ao cliente sobre esses bônus agradáveis.

Nós selecionamos as melhores ofertas

Especialistas aconselham os amantes de cães a segurar seus animais de estimação por um curto período, já que as ofertas vantajosas não duram mais do que um ano. Depois de adquirir um filhote, o seguro deve ser tomado o mais rápido possível.

É melhor escolher um seguro sem franquia. Franquia - a quantia que o dono do cão deve compensar de forma independente a pessoa lesada pelos danos causados ​​por seu animal de estimação.

E o criador pode segurar o filhote por três meses antes que o novo dono reinsure o bebê em seu nome. Isso dará ao novo proprietário tempo para escolher uma oferta adequada.

Algumas pessoas acham que o seguro animal não é uma medida particularmente necessária. Desde a busca de um bom seguro, leva tempo e exige muito esforço dos proprietários. Ao mesmo tempo, o seguro é capaz de cobrir financeiramente todos os riscos associados à manutenção de animais. E os amantes de cães serão mais sérios sobre a educação e o treinamento de seu fiel amigo.

Tradução de Ryndina O. V.

Loading...