Cães podem persimmon

Preparar uma dieta equilibrada para um animal de estimação é uma tarefa difícil, cuja solução vale a pena abordar com toda a responsabilidade. Afinal, os cães, como seus donos, podem sofrer de frustração e alergia a frutas. A questão é se incluí-los na dieta e se os cães caqui precisam ser abordados, levando em conta vários pontos-chave.

Vale a pena dar frutos aos animais de estimação

Frutas, sejam locais ou exóticas, não são um alimento natural para os cães. E mesmo que o seu animal de estimação da idade do filhote esteja habituado a consumir essa comida diariamente, é importante observar duas regras básicas ao alimentar:

  1. Frutas são alimentadas em pequenas porções. Eles contêm muita fibra, um excesso que pode provocar a manifestação de diarréia.
  2. Não misture frutas trata com outros tipos de alimentos, incluindo produtos de leite azedo.

Com extrema cautela, vale a pena tratar os animais de estimação com frutas que contenham uma grande quantidade de açúcares e provocar a manifestação de reações alérgicas, incluindo o caqui. O animal pode comer a fruta oferecida pelo proprietário com apetite. Mas, se o animal tentar pela primeira vez, é importante monitorar sua reação.

Se o animal de estimação não demonstrar interesse pelas frutas, não as ofereça persistentemente. Será mais competente para substituir a iguaria com legumes permitidos ou tratar seu animal de estimação com um pedaço de carne.

Proprietários de cães inexperientes acreditam erroneamente que uma "dieta de frutas" ajudará o cão a se livrar de quilos extras. Mas isso não é assim. Alimentos não naturais podem provocar um transtorno. Perder peso é melhor feito ajustando sua dieta e adicionando atividade física.

Caqui - permitido e proibido tratar

Entre as frutas permitidas para os animais, as mais seguras são as maçãs. Eles contêm a vitamina C e fibra necessárias, o que ativa a digestão. Ao escolher frutas, a preferência deve ser dada às variedades que crescem em sua área. É melhor escolher frutas com casca verde, pois maçãs vermelhas geralmente causam alergias.

É possível dar persimmons de cães e outras frutas exóticas? Veterinários são da opinião de que, para todos os benefícios e a rica composição de frutas no exterior, não há necessidade urgente de alimentar seus cães. Além de componentes úteis, eles podem conter produtos químicos usados ​​para aumentar o prazo de validade durante o transporte.

As opiniões dos donos de cães sobre este assunto estão divididas. Alguns consideram a delicadeza segura para o animal de estimação, enquanto outros observam a manifestação de problemas com o sistema digestivo quando ele é consumido.

Mesmo que seu animal de estimação adore o caqui, lembre-se de que ele deve ser colocado sem caroço. O total deve ser moderado:

  • Para cães com peso entre 2-10 kg, não mais do que 1/6 ou 1/8 do feto pode ser alimentado durante a semana.
  • Animais de tamanho médio pesando 10-25 kg podem alimentar uma metade do feto 1-2 vezes por semana.
  • Cães de grande porte com peso entre 25 e 50 kg podem dar o feto inteiro até duas vezes por semana.

A alimentação incorreta de frutas doces pode provocar obstrução intestinal e o desenvolvimento de enterite. Estas doenças com um número de doenças concomitantes, por vezes, levam à morte.

Os principais sintomas de sua manifestação: febre, vômito, diarréia ou, inversamente, constipação. O cão fica letárgico e sente dores à palpação no abdome. Se algum for encontrado, você deve consultar urgentemente um veterinário.

Loading...